Tosse de Canil

O nome “Tosse de Canil” é enganoso; um nome mais apropriado será “Tosse de Cães Que Socializam“. O nome próprio é Traqueiobronquite Contagioso, quer dizer inflamação da traqueia e dos brônquios, provocado por infecção.

Há vários micróbios que podem provocar esta doença, incluindo ambos bactérias e viruses. A severidade e a duração da tosse do seu cão depende do micróbio responsável. Os micróbios são transmitidos por inspiração destes e por saliva. Uma tosse provocada por um dos viruses moderados pode durar só alguns dias, e provoca um ataque de tosse só quando pressão é exercida no pescoço do animal, por exemplo, quando a trela é puxada. Se, por outro lado, a bactéria Bordetella bronchiseptica for responsável, a tosse pode durar mais de 6 semanas, dia e noite mantendo todos acordados. Vai precisar de antibióticos específicos para curar esta tosse.

Quais são os sintomas de Tosse de Canil? O sintoma mais comum que chega até nós é que a pessoa pensa que há uma obstrução na garganta do animal. O cão tosse sem parar aumentando de volume até fazer um barulho semelhante ao vomitar, engole e depois silêncio. Ao fim de algumas perguntas, visto que o cão consegue comer, beber água e respirar, concluímos que não há obstrução na garganta.

Informar o veterinário se socializou com outros cães antes ajudará no diagnóstico. Este “evento social” pode ser alojamento num canil ou hotel para cães, se usou um “dog sitter”, foi num passeio com outros cães ou esteve num local com um número elevado de cães.

As boas notícias sobre a doença: não é fatal, não pode ser transmitida a distâncias largas no ambiente, e eventualmente desaparece. As más notícias: pode ser contagioso durante algumas semanas depois do fim dos sintomas, tornando do seu cão pária social. Os cães idosos ou fracos podem sofrer danos permanentes nos pulmões se a bactéria em conta seja a Bordetella – esta bactéria é da família da Bordetella pertussis, o micróbio responsável por Tosse Convulsa.

O tratamento depende da severidade e duração da tosse. Uma tosse ligeira talvez só precise de tempo e um xarope contra tosse para aliviar a garganta do seu cão. As tosses mais sérios talvez também precisem de antibióticos, analgésicos anti-inflamatórios, e medicamentos para ajudar que o cão (e dono!) durma.

Há também vacinas. A relevância destas dependerá do estilo de vida do seu cão…… Dão proteção (depende da marca) contra a pior bactéria (Bordetella) e o pior virus (Parainfluenza). Não dão proteção contra os viruses moderados – na mesma maneira que uma vacina contra grippe não protege contra uma constipação. Antigamente, a vacina era na forma de um spray no nariz (que muitos cães e donos odiavam), mas hoje em dia também há versões injectáveis (no 124Vet, usamos estas).

Se houver alguma suspeita que o seu cão tenha tosse de canil, recomendamos fortemente ter um “check-up total” no veterinário – há outras doenças, incluindo colapso de traqueia e um coração dilatado, que podem imitar “Tosse de Cães Que Socializam”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close